Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

SEM ALARDE
       Meu querido poeta
       Cidadão do mundo
       Da vida e da arte
       De mansinho chegaste
       Sem alarde aparente
       Mas um tanto apressado
       Pra contar tua história
       Bem nítida na memória
       De quem sabe a que veio
       Cuidadoso nos gestos
       Atitudes,palavras...
       Silencioso e conciso
       Numa introspecção perfeita
       Necessária à viagem
       De tua criação.

Caminho do Invisível/Diulinda Garcia.
A .S.Editores
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 13/03/2008
Alterado em 18/03/2014
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras