Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

Salões sem portas
  

Inomináveis paixões
Se foram
Perderam-se
Outras ainda transitam
Nos salões sem portas
De corações desavisados
O tempo se esvai
E com ele os enganos
Os amores...
Mas aquela música
Não parou de tocar
E nos convida a dançar.

Por Diulinda Garcia
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 24/03/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras