Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

Nossas lembranças
Haviam ali tantas lembranças suas,
nossas,da vida.
Eram ou são
a composição da nossa história
que a memória do tempo guardou,
nos mais diversos matizes.
Às vezes na suavidade dos tons azuis,
outras tantas no frenesi do rouge das paixões
até o amarelo-ouro das tardes outonais...
Como se fosse um desses quadros a lembrar
que a vida é colorida,
mas às vezes o tempo pede
um lustre para rebrilhar.

Diulinda Garcia
San francisco,23/05/11.
    
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 23/05/2011
Alterado em 17/03/2014
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras