Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

Verdade Inventada

Sempre estive só de ti
   e não sabia
    se sabia
    Não via.
     Sentia,
   mas não dizia.
      Temia,
que a solidão
   virasse dor.
    Agora sei,
mas rendo-me
a minha verdade inventada
  para entender
       o que
não faz sentido.  

Lucidez de Navalha/Diulinda Garcia.  
                        Scortecci,2010.
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 04/05/2011
Alterado em 17/03/2014
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras