Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

AusÍncia
                
                    Sinto-me margeando os abismos
                       dessa ausência prolongada.
                         A tua presença ausente,
                              presente se faz
                          em cada amanhecer
                     e em todas as noites de Lua,
                    cheia,crescente ou minguante.
                           Nos livros que leio
                            ou que tento ler;
                        nas canções que canto
                        ou que  apenas escuto.
                  Em tudo te encontro e não estás ,
                          exceto nas orações
                      que me remetem ao divino.
                                 Nelas estás,
                                  estamos ...
                               Somos talvez:
                      unos,tríplices e múltiplas.

Lucidez de Navalha/Diulinda garcia.
              Escortecci Editora/2010.
www.diulindagarcia.com              
      
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 05/09/2010
Alterado em 17/03/2014
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


ComentŠrios

Site do Escritor criado por Recanto das Letras