Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

Instante
Li a dor da tua alegria
quando descansavas o olhar
na melancolia do mar.
Havia um silêncio comovente
naquele instante inusitado,
cuja história ia além dos espaços conhecidos.
O ser apenas...
só o ser,
aprendendo a ficar com o nada
e mesmo assim,
ainda sentir
a  plenitude do existir
diante de um sorriso inocente,
onde quase tudo é revelado
sem que nada se diga.

Lucidez de navalha/Diulinda garcia.
Scortecci Editora/2010.

www.diulindagarcia.com
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 14/03/2010
Alterado em 17/03/2014
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras