Meu Recanto.

Fascinar-se a cada amanhecer.

Textos

EU E O VENTO
Eu e o vento partimos,
asas à imaginação...
A lua cheia seguimos.
Que emoção!

Mas atrás das nuvens brancas,
num instante,a lua se esconde
         em pranto.
       Que espanto!

Pedimos a estrela Vésper,
que iluminasse o céu
como na véspera,
ficando a lua sem véu.

Abstração/Diulinda Garcia.
natal,2008.
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 01/09/2008
Alterado em 18/03/2014
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras